Se bem orientadas por profissionais especializados, as atividades físicas aliviam os sintomas.
A prática de caminhada, ciclismo, natação e hidroginástica são recomendáveis. Ajudam a melhorar a circulação sangüínea facilitando o retorno venoso e fortalecendo a panturrilha, que atua nesse caso como uma bomba propulsora muscular dos membros inferiores.
Isso acontece porque, ao praticar atividades físicas, os músculos das pernas realizam o mecanismo de contração/relaxamento (chamado de bomba) ativando a circulação sangüínea da panturrilha, evitando que o sangue fique parado nesse local, impulsionando-o para o coração.
Portanto, as práticas dessas atividades físicas reforçam a musculatura e melhoram a circulação, sendo uma dica para prevenir o aparecimento das varizes.

Referências bibliográficas:

* Intervenção da fisioterapia no tratamento de linfedema: relato de caso/ Physiotherapy intervention in the limphedema treatmente: case report. Fonte: Arq. ciências saúde UNIPAR;5(2):155-159, mai-ago. 2001. ilus. – Acessado em 13/02/2014.