Varizes: uma das 10 doenças que mais afastaram os brasileiros de seus trabalhos

 


varizes

Você sabia que as varizes são a sexta doença que mais afastaram os brasileiros de seus trabalhos?

Os dados do Ministério da Previdência Social, divulgados pelo portal IG, consideram afastamentos com duração superior de 15 dias no período de um ano, sem considerar a origem desses problemas.

Abaixo pode ser observado o ranking completo das causas que mais afastam brasileiros dos seus postos de trabalho, incluindo doenças e sintomas:

1. Dores nas costas

2. Dores nos joelhos

3. Hérnias inguinais

4. Transtornos de humor

5. Miomas uterinos

6. Varizes

7. Doenças isquêmicas do coração

8. Hemorragias durante a gestação

9. Câncer de mama

10. Prolapso genital*

Para evitar as varizes, sugerimos algumas dicas**:

Referências Bibliográficas:

* SOC. http://www.socblog.com.br/2014/03/as-doencas-que-mais-afastaram-os-trabalhadores-brasileiros/ – Acessado em 31/03/2014 ** SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANGIOLOGIA E CIRURGIA VASCULAR. Público: Linfedemia. Disponível em: < http://www.sbacv.com.br/index.php/publico.html >. Acessado em 04 jun. 2014.

Tratamento: géis e pomadas

Foto: Tratamento das varizes inclui géis e pomadasMais importante do que tratar as varizes é preveni-las. Porém, se o quadro já existir, são diversas as abordagens de tratamento que apenas o seu médico poderá indicar. Elas variam dependendo de cada paciente, e a sua escolha depende do tipo e do grau de varizes que você apresenta.

As varizes podem ser tratadas com pomadas ou géis que diminuem a inflamação, aliviam a dor, reduzem o edema (inchaço) e a vermelhidão das áreas onde elas estão instaladas. Estes tratamentos também amenizam a sensação de peso nas pernas causada pelo inchaço.

A escleroterapia é uma das técnicas terapêuticas mais antigas. Ela consiste na injeção de substâncias químicas, chamadas de “esclerosantes”, que tratam as veias ao agir em seu interior*. Elas necrosam (lesam) as veias para que elas não mais conduzam sangue. O número de sessões depende para cada paciente, mas geralmente duas ou três são suficientes. A escleroterapia não está indicada para o tratamento de varizes maiores nem para aquelas localizadas em veias profundas**.

Atualmente usa-se também o laser para a realização da escleroterapia. É uma técnica que ainda esta sendo aprimorada e não substitui a escleroterapia química. Ela não é indicada para todos os casos, já que não pode ser utilizada em todos os tipos de pele e não apresenta bons resultados em veias de calibre maior. Quando esta técnica é escolhida, é associada à terapia química***.

A maioria das cirurgias de varizes é realizada atualmente por meio de pequenas incisões na pele, pelas quais as veias são retiradas pelo médico. A recuperação do paciente é tranquila, e o período de internação é mínimo (geralmente 24 horas). Porém, a recuperação em casa pode durar algumas semanas, já que é preciso permanecer em repouso***.

Independentemente do tipo de tratamento, zele pela saúde do seu sistema circulatório. Caminhe sempre que possível e descanse suas pernas colocando-as para cima alguns minutos por dia. Essas medidas simples irão estimular a circulação sanguínea e a formação de vasos saudáveis****. Além disso, não se medique sem a orientação do seu médico, pois pode agravar o quadro.

Referências bibliográficas:

* Tavares CA. Escleroterapia. Disponível em: http://drtavares.com/orientacoes/escleroterapia.php – Acessado em 22/02/2014

** Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Varizes. Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.varizes.org.br/#tratamento – Acessado em 14/04/2011

*** Enciclopédia: varizes. Drauzio Varella.com.br. Disponível em: http://www.drauziovarella.com.br/Sintomas/248/varizes – Acessado em 22/02/2014

**** Ricardo, Miguel. Dicas para diminuir e prevenir o problema das varizes. Disponível em: http://www.artigonal.com/medicina-alternativa-artigos/dicas-para-diminuir-e-prevenir-o-problema-das-varizes-3212757.html – Acessado em 22/02/2014

O conteúdo deste site é apenas informativo e não substitui, de forma alguma, a orientação médica.

Como sentar corretamente

Foto: Sentar com as pernas cruzadas pode aumentar o risco de aparecimento de varizes?Qual mulher que já não se deparou com esta pergunta. Afinal, pernas bonitas e saudáveis é o desejo de todas elas. E a presença de varizes, além de não ter um visual esteticamente positivo, indica complicações na circulação e no retorno sanguíneo no interior das veias*.

Para o angiologista e cirurgião vascular e endovascular, o Dr. Ivanésio Merlo**, sabe-se que o surgimento de varizes nos membros inferiores obedece a um caráter genético e muitas vezes familiar. Algumas maneiras posturais, como ficar de pé por longos períodos, para as pessoas com tendências varicosas, pode ser importante fator desencadeante do processo. Mas não há evidências na correlação entre cruzar as pernas e o surgimento das varizes nas pernas”.

Portanto, movimente-se! Pratique caminhadas, natação ou outras atividades físicas. Elas fazem bem não somente para sua mente, como para seu organismo e para a sua saúde vascular***.

Referências bibliográficas:

* Varizes/SBACV-RJ. Como se formam as varizes. Disponível em: http://www.varizes.org.br/  – Acessado em 10/06/2011

** Varizes online. Pernas cruzadas. Disponível em: http://www.varizesonline.com/index.php?topic=duvida1&idioma=portugues&cd_selecionado=10 – Acessado em 10/06/2011

*** Meia Elástica. Varizes: verdades e mentiras. Disponível em: http://www.meiaelastica.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=22:varizes-verdades-e-mentiras&catid=9:orientacoes&Itemid=18 – Acessado em 10/06/2011

O conteúdo deste site é apenas informativo e não substitui, de forma alguma, a orientação médica.

Cuidados especiais e prevenção

Varizes: cuidados especiais e prevençãoSempre ouvimos que o melhor tratamento é a prevenção e seguindo por este caminho separamos algumas dicas para ajudar no combate as varizes:

Dicas úteis para evitar varizes*:

Referências Bibliográficas

http://www.sbacv.com.br/publico/varizes.php – Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular – Varizes. – Acessado em 18/10/2010

Principais causas

Principais causas das varizesAs varizes surgem devido às veias que se dilatam e aparecem na superfície da pele, podendo ocorrer em homens e mulheres, surgindo com mais frequência nas pernas*.

Nas mulheres, a probabilidade de surgimento de varizes é maior, devido principalmente, aos hormônios femininos, como a progesterona que favorece a dilatação das veias*. Na gravidez a probabilidade do aparecimento das varizes é maior, pois há um aumento na produção de hormônios e a quantidade de sangue circulante aumenta, portanto, aumenta o trabalho das veias*.

Além do desconforto estético que as varizes causam, existem outros sinais e sintomas que podem estar presentes como: presença de veias azuladas e muito visíveis abaixo da pele, queimação nas pernas e planta dos pés, inchaços, cansaço ou sensação de fadiga nas pernas, “pernas inquietas” e câimbras.

Entre os fatores que podem levar ao aparecimento de varizes podemos citar: histórico familiar (principal fator), idade, sexo, traumatismos nas pernas, temperatura (cuidado com a exposição excessiva ao calor do sol, das saunas, dos fornos, etc.), tabagismo, sedentarismo, pílulas anticoncepcionais e reposição hormonal*.

Referências Bibliográficas:

http://www.varizes.org.br – Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular do RJ. – Acessado em 16/09/2010